Seguidores

quarta-feira, 27 de junho de 2012

SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

29 de junho


São Pedro

Antes de se tornar um dos doze discípulos de Cristo, Simão Pedro era pescador. Teria nascido em Betsaida e morava em Cafarnaum. Segundo o relato no S.Lucas 5:1-11, Pedro terá conhecido Jesus quando este lhe pediu que utilizasse uma das suas barcas, de forma a poder pregar a uma multidão de gente que o queria ouvir. Pedro, que estava a lavar redes com São Tiago e João, seus sócios, concedeu-lhe o lugar na barca que foi afastada um pouco da margem. No final da pregação, Jesus disse a Simão Pedro que fosse pescar de novo com as redes em águas mais profundas. Pedro diz-lhe que tentara em vão pescar durante toda a noite e nada conseguira mas, em atenção ao seu pedido, fá-lo-ia. O resultado foi uma pescaria de tal monta que as redes iam rebentando, sendo necessária a ajuda da barca dos seus dois sócios, que também quase se afundava puxando os peixes. Numa atitude de humildade e espanto Pedro prostra-se perante Jesus e diz para que se afaste dele, já que é um pecador. Jesus encoraja-o, então, a segui-lo, dizendo que o tornará "pescador de homens".
De acordo com os Evangelhos, Simão foi o primeiro dos discípulos a professar a fé de que Jesus era o filho de Deus. É esse acontecimento que leva Jesus a chamá-lo de Pedro - a pedra basilar da nova crença. Encontramos o relato do evento no S. Marcos16:13-23: Jesus terá perguntado aos seus discípulos (depois de se informar do que sobre ele corria entre o povo): "E vós, quem pensais que sou eu?"; ao que Pedro respondeu "És o Cristo, Filho de Deus vivo". Jesus ter-lhe-á dito, então: "Simão, filho de Jonas, és um homem abençoado! Pois isso não te foi revelado por nenhum homem, mas pelo meu Pai, que está no céu. Por isso te digo: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e o poder da morte não poderá mais vencê-la. Dar-te-ei as chaves do Reino do Céu, e o que ligares na terra será ligado no céu, e o que desligares na terra será desligado no céu". É por esta razão que São Pedro é, geralmente representado com chaves na mão e a tradição apresenta-o como porteiro do Paraíso. 


São Paulo

O seu duplo nome, Saulo (nome judeu) e Paulo (nome grego) indica que pertence a estas duas civilizações: judeu por ter nascido no seio de uma família de pura raça judaica e cidadania romana por nascimento. Nasceu em Tarso, na Cilícia (At.21,39), entre o ano 5 e o ano 15d.C. A sua família é tribo judaica Benjamim. Sendo fariseu, é circuncidado ao oitavo dia e educado na mais estrita observância (Fil 3,5). Estuda em Jerusalém «aos pés de Gamaliel», o mais célebre doutor da Lei. Recebe a cidadania romana, fala corretamente a língua grega, conhece os modos do pensamento grego e os autores que o cultivam. É um homem de estatura um tanto baixa, pernas arqueadas, calvo, nariz adunco. Aprende ainda novo o ofício de tecelão de tendas que era muito divulgado em Tarso.
No princípio, foi perseguidor implacável da jovem igreja cristã e esteve presente no assassínio de Estevão. Teve uma conversão súbita a caminho de Damasco, devido à aparição de Jesus Ressuscitado, que ao lhe manifestar a verdadeira fé cristã, indicou-lhe sua missão especial de Apóstolo dos gentios(At.9,3-19; Gl.1,12.15s; Ef.3,2s). A partir deste momento (cerca do ano 36), ele vai dedicar toda a sua vida ao serviço de Cristo.




Oração a São Pedro


Ó glorioso São Pedro , por causa de sua vibrante e generosa fé. sincera humildade e flamejante amor Nosso Senhor o honrou com o singular privilegio e em especial a liderança de toda a Sua Igreja. Obtenha para nós a graça de viver na fé, um sincero amor e lealdade a Igreja , aceitando a todos os seus ensinamentos e obedecendo a todos os seus preceitos. Deixe-nos alegrar e conseguir um paz na terra e uma eterna felicidade no Paraíso. Amem

Dia 27 de Junho - Dia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro



Hoje é o dia que se comemora a “Mãe do Perpétuo Socorro”, ou Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, como é conhecida no mundo todo. Toda quarta-feira ocorre a novena em sua honra, em milhares de igrejas espalhadas pelo mundo. Muitos nomes foram dados a ela: "Virgem da Paixão", "a Madona de ouro", "a Mãe dos Missionários redentoristas", "a Mãe dos lares católicos", mas o que ela mesma prefere é "Mãe do Perpétuo Socorro", nome que o Papa Pio IX utilizou ao dizer para o Superior Geral dos Redentoristas: "Fazei-a conhecida no mundo inteiro!"

Sua origem foi a partir de um lindo quadro de autoria desconhecida, mas de um história grandiosa! Conheça a história de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:




Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Ó coração Imaculado de Maria, repleto de bondade, mostrai-nos o vosso amor. A chama do vosso Coração, ó Maria, desça sobre todos os homens! Nós vos amamos infinitamente! Imprimi no nosso coração o verdadeiro amor, para que sintamos o desejo de Vos buscar incessantemente. Ó Maria, vós que tendes um Coração suave e humilde, lembrai-vos de nós quando cairmos no pecado. Vós sabeis que todos os homens pecam. Concedei que, por meio do vosso materno e Imaculado Coração, sejam curados de toda doença espiritual. Fazei que possamos sempre contemplar a bondade do vosso materno Coração e convertamo-nos por meio da chama do vosso Coração. Amém.