Seguidores

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Festa do Batismo de Jesus




A liturgia neste tempo Natalício-epifânico nos propõe para celebrarmos o Batismo do Senhor. 


Mas o que significa esta festa?

Primeiramente quer render graças ao Pai pelo envio de seu amado Filho na força do Espírito Santo. Depois, quer reforçar nosso compromisso batismal. A Iniciação Cristã é composta de três etapas de um mesmo Mistério: Batismo, Crisma e Eucaristia. Nosso ser cristão inicia com o Batismo e termina com a Eucaristia. Mas você notou que a ordem dos sacramentos está diferente?


No início do cristianismo a Iniciação cristã era realizada depois de um tempo longo de preparação (as vezes 3 anos), que começava na Quaresma e era celebrado na Noite Santo da Vigília Pascal. Na Noite Santa da Vigília os catecúmenos aproximavam da piscina batismal e eram mergulhados três vezes nas águas, ao saírem eram ungidos com o Santo Óleo que conferia o Crisma e depois, participava da Prece Eucarística comungando do Corpo e Sangue do Senhor. Como visto, a ordem dos sacramentos era: primeiro o batismo, depois o Crisma e por fim, a Eucaristia! No passar do tempo a ordem foi sendo alterada e não mais se recebiam os três sacramentos na mesma celebração. Contudo, o RICA (Ritual de Iniciação Cristã de Adultos) propõe a recuperação do catecumenato e das etapas para a receber a Iniciação. As catequistas deveriam conhecer o RICA, que tal nas reuniões estudarem juntos o RICA?

A festa litúrgica do Batismo do Senhor deve ser bem vivida na catequese. Como pista pastoral-catequética propomos:

1. apresentar os elementos do Batismo (Fonte Batismal, o Círio Pascal, os Santos Óleos).

2. apresentar os Sacramentos do Batismo, do Crisma e da Eucaristia como etapas de uma caminhada para sermos cristãos. Portanto, os três sacramentos são como que três degraus para sermos cristãos.

3. pensar na catequese cristã como um tempo catecumenal sério e compromisso com a Igreja.

Por fim, apresento uma catequese mistagógica sobre a Pia/fonte batismal:

Pia BatismalNas igrejas antigas (e até em igrejas modernas, pois este costume está sendo retomado) a Pia Batismal era colocada na ...porta de entrada do Templo Sagrado, para mostrar que o Batismo é de fato o Sacramento que nos introduz o fiel na vida da Igreja. Podemos comparar a Pia Batismal ao útero da mulher. O útero é o lugar onde se gera e se desenvolve a vida humana, em meio a líquidos. É o lugar onde por meio do período da gestação o feto se desenvolve até a sua completa formação. Da mesma forma a Pia Batismal é o lugar aonde se gera filhos para Deus Pai e para a Mãe Igreja. A mulher é a Igreja, a pia batismal é o útero que gera vida nova em meio a águas (líquidos).

Que a festa litúrgica do Batismo do Senhor nos anime a viver nosso batismo com fidelidade. E que as catequistas façam de seus encontros catequéticos espaços de encontro pessoal com Cristo!

Vanderson de Sousa Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Ó coração Imaculado de Maria, repleto de bondade, mostrai-nos o vosso amor. A chama do vosso Coração, ó Maria, desça sobre todos os homens! Nós vos amamos infinitamente! Imprimi no nosso coração o verdadeiro amor, para que sintamos o desejo de Vos buscar incessantemente. Ó Maria, vós que tendes um Coração suave e humilde, lembrai-vos de nós quando cairmos no pecado. Vós sabeis que todos os homens pecam. Concedei que, por meio do vosso materno e Imaculado Coração, sejam curados de toda doença espiritual. Fazei que possamos sempre contemplar a bondade do vosso materno Coração e convertamo-nos por meio da chama do vosso Coração. Amém.